BITCOIN

Menta90

Olá pessoal, sejam bem-vindos ao ABC da Inovação, um projeto que visa descomplicar a inovação para qualquer pessoa.  E o tema de hoje é bitcoin. Provavelmente, você já ouviu essa palavra. Mas, talvez, não saiba o que ela significa, ou os impactos que ela vem trazendo na economia mundial.

Em resumo, bitcoin é uma moeda. Mas, diferente do real ou do dólar, o bitcoin não existe fisicamente. Ele é uma moeda virtual criada em 2008 por alguém usando o nome Satoshi Nakamoto. Apesar do nome, ninguém sabe ao certo a identidade do criador do bitcoin. Seja quem for, Satoshi divulgou o software0 do bitcoin no começo de 2009, e parou de contribuir com o projeto em 2011.

Como não depende de nenhum governo ou banco, o bitcoin inovou o jeito de as pessoas comprarem, investirem e negociarem na internet. Isso porque o software torna cada um responsável pelo próprio dinheiro. Imagine só, com o bitcoin você é capaz de trocar valores com pessoas em qualquer lugar do mundo, com segurança e sem precisar de um banco, sem nenhum intermediário. Isso é possível através de um protocolo de segurança chamado “blockchain”, tema que vamos tratar numa próxima oportunidade.

De olho nessa possibilidade, muita gente tem aderido ao bitcoin (incluindo bancos, governos e bolsas de valores). Tanto que ele passou a valer mais de 4 mil dólares em agosto de 2017. Para quem não acredita que a moeda virtual vá se popularizar, já é possível comprar até mesmo um apartamento com bitcoins. No Japão, bitcoins são considerados um meio legal de pagamento. Milhares de estabelecimentos devem começar a aceitar a moeda até o final de 2017. Vale ficar de olho nas moedas virtuais, porque tudo indica que, logo, elas vão fazer parte do nosso dia a dia. Até a próxima!

Por Marcelo Pimenta (Menta90). Jornalista, professor e criador do blog Mentalidades.
Conheça as palestras e cursos que ele oferece e saiba como ele pode te ajudar a inovar.

Comentários facebook

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se à vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *