SUCESSO

Menta90

Hoje vamos falar de algo muito almejado: sucesso. Vivemos num mundo onde muitos relacionam o sucesso ao seu objetivo de vida e, para alcançar essa meta, tentam copiar a receita de alguém que consideram um referencial de vida

Mas o que é sucesso para você?

É ter o carro do ano?

Ter as contas pagas?

Conhecer Paris?

Chegar num restaurante e poder escolher um prato sem se preocupar com o preço?

Sucesso é poder viver sem trabalhar?

Ou sucesso é ter uma agenda cheia de compromissos?

Sucesso tem a ver com os sonhos e desejos de cada um. Como somos únicos, é natural que cada um tenha sua própria definição de sucesso e, por consequência, seu próprio caminho para chegar até ele.

Um aspecto que vale reflexão é que algumas pessoas, como meu amigo Benício José, que tive a oportunidade de entrevistar num episódio dos Diálogos Fantásticos (disponível tanto aqui no podcast quanto no youtube),  acreditam que o sucesso não se mede; afinal, ele tem um significado diferente para cada um. Enquanto algumas pessoas valorizam muito ter uma casa, um carro do ano e dinheiro para comprar coisas, outras preferem paz interior, tranquilidade, ter a oportunidade de conhecer pessoas e lugares novos.

No entanto, algo que é praticamente consenso é que sucesso só é sucesso mesmo se tivermos harmonia entre a vida profissional e pessoal. Porque não adianta sermos donos de uma empresa que lucra bilhões, se nossa saúde, por exemplo, não está legal.

Ou se você tem a consciência pesada.

Ou se não tem tempo para a família. Ou não se tira férias há anos.

É preciso buscar estabelecer um equilíbrio, um sucesso em cada área de nossa vida, para que nossa caminhada seja sempre cheia de felicidade e aprendizado.

Agora, vamos tratar da seguinte questão: eu quero sucesso, mas ele me parece inatingível.

Veja que a busca pelo nosso sucesso é pautada:

  • Primeiro, por desejo,
  • Segundo, a ação e
  • Terceiro, a dedicação.

Começando do começo. Podemos definir o desejo como um sonho. Algo que queremos, que temos vontade de alcançar. E chegamos num ponto que, na minha opinião, é fundamental para determinar, ou não, sua capacidade de alcançar o sucesso.

Esse sonho precisa ter um forte significado pessoal.

Pois sem ele, os obstáculos poderão ser maiores que o desejo, nessa trajetória em busca do sucesso.

Mas continuando como nosso raciocínio, do desejo passamos para a realidade, ou seja, quando traçamos um caminho para atingir o almejado sucesso. Esse caminho precisa ser detalhado em um plano, e esse plano vai desencadear as ações.

E é aí que mora o perigo. Muitas dessas ações não são simples, nem fáceis, nem sempre prazerosas.

Por exemplo, se você deseja morar em Paris, você precisa ser fluente em francês. E aprender francês não é uma tarefa normalmente simples, principalmente para adultos.

Poderia dar muitos outros exemplos: você sabe o quanto treina um atleta olímpico? Você sabe qual a rotina de um pop star como Mike Jagger ou Ivete Sangalo?

E aí é que entra a dedicação. O sucesso exige comprometimento.

Um artista de 1ª linha tem uma dieta regulada, faz pelo menos 2 horas de exercícios físicos todos os dias, treina voz, dança, sem falar nos ensaios, atender a imprensa e, muitas vezes, coordenar todo um novo show.

Um atleta olímpico treina, pelo menos, por 10 anos, entre 8 e 12 horas por dia, sem nunca ter a alimentação, por exemplo, liberada. Tem acompanhamento médico, psicológico, físico, técnico.

E um executivo de uma multinacional?

Um empreendedor bem-sucedido, você sabe quantas horas ele trabalha por dia?

Resiliência. Superação. Esforço. É isso que chamamos de dedicação.

E, mais uma vez, retornamos ao primeiro ponto: apenas se você tem realmente um significado pessoal importante é que você vai conseguir superar as dificuldades para sentir o desejado gosto do sucesso, e ter a disciplina necessária para chegar lá.

Portanto, é fundamental que seu desejo esteja estreitamente ligado a um forte propósito pessoal.

Visto isso, talvez fique a questão: e o que tem a ver sucesso com inovação?

Vamos lá.

Inovação, por definição, é quando um produto, uma ideia, uma campanha gera valor, ou seja, atende uma expectativa do cliente, do usuário, do consumidor. Logo, inovar pode ser o caminho para o sucesso! E sucesso tem tudo a ver com inovação.

Então, para finalizar, temos uma última questão: por onde eu começo?

Segue minha dica:

Comece pelo que você já tem, comece sendo grato. E, a partir daí, comece a ver o que pode fazer diferente para melhorar o que deseja. Sabendo que bens materiais podem ser importantes, mas que é ainda mais importante valorizar quem está ao seu lado, e as lições que você já recebeu da vida. A gratidão vai te impulsionar, te dar forças para continuar batalhando pelo seu negócio, pela sua família, por você mesmo; ela te dará forças para inovar, para enxergar novas soluções, mesmo em períodos difíceis.

Até a próxima!

 

Caso você não concorde ou queria complementar essa reflexão, aguardo seu comentário.

Por Marcelo Pimenta (Menta90). Jornalista, professor e criador do blog Mentalidades.
Conheça as palestras e cursos que ele oferece e saiba como ele pode te ajudar a inovar.

Comentários facebook

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se à vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *