Dez comportamentos do protagonista de sucesso

Menta90

Valores, propósito, motivação. Nunca ouvimos falar tanto sobre a essência de cada um, a importância do autoconhecimento e como nossa visão a nosso próprio respeito interfere naquilo que realizamos – inclusive no nosso negócio. Em meu projeto mais recente, chamado Protagonistas, a especialista em empreendedorismo Paola Tucunduva e eu temos acompanhado de perto alguns empreendedores, e a cada dia temos mais certeza de que o sucesso começa dentro de cada um.

Ter alicerces firmes pode significar a diferença entre uma empresa que é, simplesmente, levada pelas ondas do mercado (crise, mudanças, concorrência) ou um empreendimento capaz de se adaptar e até tirar proveito de cada momento (por pior que ele pareça). O importante é focar naquilo que podemos interferir; se fizermos nossa parte, já será um bom começo para sermos agentes de transformação do nosso negócio e do mercado.

O que podemos fazer, hoje, para melhorar nosso resultado, apesar das interferências externas?

Como resposta a essa questão, listamos 10 comportamentos muito úteis para quem quer ser o protagonista do seu negócio e da sua vida:

 

  1. Seja visionário

O protagonista de sucesso investe em uma visão sustentável de futuro, baseada num pensamento sistêmico. Suas ações têm uma motivação maior, têm raiz em seu desejo de deixar um legado positivo, de não ser apenas mais um na multidão. Ele quer fazer a diferença, deixar sua marca no mundo.

  1. Seja transformador

O mundo está mudando. O cliente, hoje, é muito mais exigente e participativo. Então, por que não ser um agente de mudança? Aproveite a mudança a seu favor (e não se faça de vítima). O protagonista de sucesso age para provocar as transformações necessárias para melhorar a cada dia, começando por si mesmo e estendendo para seu negócio, mercado e para a sociedade.

  1. Seja proativo

Esse comportamento está diretamente relacionado com o anterior. Quem é proativo sabe que as coisas externas não dependem dele, mas que várias outras dependem. Enquanto uma pessoa reativa espera as coisas acontecerem para, só então, tomar uma atitude, o proativo identifica os riscos e os mitiga, antes que eles o façam perder lucratividade, clientela ou parcerias.

  1. Seja focado

Um protagonista assume a liderança da sua história, ele sabe aonde quer chegar e estabelece metas. Importante frisar que devemos, sempre, tornar as metas atangíveis, de preferência no formato SMART.  Quando você escreve elas, determina prazo, pensa em como executar já é uma atitude que aumenta em até 60% nossas chances de sucesso de atingir essa meta.

  1. Seja criativo

Há cinco ou 10 anos, você imaginava que hoje seria possível falar com pessoas do mundo inteiro, pagando apenas uma franquia de internet? Imaginava que seria possível gravar e compartilhar vídeos de boa qualidade usando somente um celular? Provavelmente, não, mas alguém imaginou. E foi atrás e desenvolveu e agregou tecnologias. Grandes mudanças e tecnologias disruptivas se tornaram reais porque, um dia, alguém resolveu apostar na sua imaginação, alguém investiu numa solução criativa. Além da razão, dos dados e indicadores, devemos apostar na nossa capacidade criativa como diferencial.

  1. Seja colaborativo

É impressionante como, atualmente, as empresas mais inovadoras e com alta lucratividade são construídas a muitas mãos. Obviamente, elas partiram da ideia de um grupo menor, mas, com o tempo, foram se popularizando e se aprimorando a partir da experiência do cliente. É o caso do Facebook, Google, Netflix, entre outros. Um protagonista de sucesso sabe valorizar o conhecimento de seus clientes, sócios e parceiros, e usa esses conhecimentos para transformar e melhorar seu negócio.

  1. Seja empático

Significa conseguir olhar através dos olhos do seu cliente, perceber suas necessidades e desejos. Diferentemente do simpático, o empático não tenta diminuir a relevância dos problemas do consumidor. Ele consegue “sentir as mesmas dores”, partilhar a experiência e pensar soluções que realmente façam sentido.

  1. Seja experimentador

Um protagonista de sucesso sabe que passou o tempo em que o mundo era lento e previsível. Hoje, é preciso experimentar, colocar em prática para entender o que dá certo, e investir nisso. Claro que também precisamos controlar os riscos, portanto é interessante começar pequenos projetos, com pouco ou quase nenhum investimento (em especial, financeiro), para experimentar quais rumos têm maior chance de bons resultados.

  1. Seja faminto por aprendizado

Gosto muito da frase da poetisa Adélia Prado: não quero a faca e nem o queijo, quero a fome. Um protagonista de sucesso identifica seus pontos fracos e investe no desenvolvimento pessoal, em aprendizados que vão agregar um valor maior, um valor percebido pelo cliente.

  1. Seja transparente

Estamos na era da transparência, em que o consumidor valoriza quem não tem medo de expor suas metas e dados. E, mais do que isso, com a internet e novos aplicativos, a privacidade quase não existe; todos sabem o que estamos fazendo. Portanto, é essencial que os funcionários saibam, em primeira mão, o que acontece na empresa, por meio dos canais da própria empresa. A transparência gera uma relação de confiança não apenas com os colaboradores, mas também com clientes e parceiros. Gestão à vista é essencial, assim como análise de dados e fatos. Não adianta – e não funciona – tentar “maquiar” as coisas.

Por fim, deixe que a ambição seja o combustível de sua busca pelo aperfeiçoamento. E não estou falando de ser ganancioso, de querer tudo para si. Quem tem ambição, experimenta sonhar grande, sabendo que terá que começar pequeno, com os pés no chão. Experimente investir em seu propósito, em algo que seja relevante, que valha a pena.

E você já é protagonista da sua vida? Tem mais uma alguma característica que gostaria de acrescentar? Aguardo seus comentários.

Por Marcelo Pimenta (Menta90). Jornalista, professor e criador do blog Mentalidades.
Conheça as palestras e cursos que ele oferece e saiba como ele pode te ajudar a inovar.

Comentários facebook

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se à vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *