PROPÓSITO

Menta90

Escolhi  PROPÓSITO para iniciar este Inovação com Pimenta, um projeto que visa descomplicar os termos ligados à inovação, à criatividade e ao empreendedorismo.

Pois, cada vez mais, é preciso fazer diferente: nos negócios, nos estudos e até na vida pessoal.

Quem não gosta de uma comida com sabor especial?

E para namorar, não é gostoso um restaurante novo?

Sem inovação, a vida fica chata.

Quem não inova, fica para trás.

Por isso, decidi criar esse projeto, composto por posts no blog, mídias sociais e podcasts para compartilhar conhecimento sobre esse assunto. E também para mostrar que todo mundo pode inovar.

Isso tem a ver com meu PROPÓSITO de vida – fazer com que você recupere e aperfeiçoe sua CONFIANÇA CRIATIVA. Isso mesmo, essa capacidade de confiar de que é possível fazer melhor, diferente, agregando valor.

Inovar tem tudo a ver com propósito. Quem quer inovar, e não tem propósito, acaba desistindo na primeira dificuldade. Inovar tem a ver com vencer obstáculos, lidar e vencer objeções, ouvir muitas pessoas dizendo não, isso não vai dar certo. Mas é o propósito que é o combustível para fazer com que um de nós encontre energia para seguir em frente, pegando cada pedra que se coloca no caminho como alicerce para que construamos nosso castelo.

Propósito tem a ver com autoconhecimento, com descobrir a missão que temos para cumprir aqui.

Por isso, para inovar é preciso propósito. É preciso saber aonde se quer chegar, e qual o legado se quer construir.

Por isso, descubra e valorize seu PROPÓSITO, e adicione essa palavra no seu vocabulário e na sua vida. E boa inovação. Até a próxima.

Você tem alguma contribuição sobre propósito? Comente, quero saber sua opinião.

Acesse outros conteúdos como esse acessando www.mentalidades.com.br

Por Marcelo Pimenta (Menta90). Jornalista, professor e criador do blog Mentalidades.
Conheça as palestras e cursos que ele oferece e saiba como ele pode te ajudar a inovar.

Comentários facebook

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se à vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *