Você tem um sucesso e é só seu

Mentalidades

Da translação das coisas, do movimento e da mistura de umas com as outras é que se forma tudo o que dizemos existir, sem usarmos a expressão correta, pois a rigor nada é ou existe, tudo devém.” Esta é uma fala de Sócrates, quando conversa com Teeteto sobre a natureza do conhecimento, no livro Teeteto (o conhecimento) de Platão, que pode ser baixado aqui.

Apesar da nossa intenção ser comentar sobre o sucesso, a fala de Sócrates é inspiradora, na medida em que ele afirma que tudo devém e, acreditamos, o sucesso se inclui nessa afirmativa, entendendo o devir como o vir a ser, o transformar-se, o fazer existir.

Ter ou não ter sucesso, ser ou não ser bem-sucedido são situações que não se medem com uma régua padrão, ou por parâmetros, modelos ou fórmulas predeterminadas. Sucesso não se mede, com disse Benício Filho em conversa com Marcelo Pimenta.

Benício é formado em eletrônica, graduado em Teologia pela PUC SP, e tem MBA pela FGV em Gestão Estratégica. Atua no mercado há mais de 20 anos na área empresarial, é mentor da Anjos do Brasil e do Sebrae e dá aulas de empreendedorismo. Ele fala sobre o sucesso abordando a visão profissional e a visão pessoal e faz a síntese: “Sucesso é aquilo que eu gostaria de falar, com toda franqueza, que eu consegui. ” Vale os minutos dessa conversa, neste vídeo.

Interessante quando fala sobre querermos algo intangível, inalcançável. Esse querer tem relação com a frase final de Sócrates, sobre o conhecimento, no livro Teeteto,  quando ele  diz: “ conhecimento não pode ser nem sensação, nem opinião verdadeira, nem a explicação racional acrescentada a essa opinião verdadeira.” Poderíamos substituir a palavra conhecimento nesta frase pela palavra sucesso?   Talvez sim, se concordarmos com Benicio que o sucesso é relativo porque depende daquilo que cada um enxerga que é bom para ele. É, portanto uma percepção pessoal. Diferente para cada sujeito e sem chance de benchmarking com qualquer outro.

A pergunta que segue é: como alcançar o sucesso? Respeitando as diferenças individuais, na prática o caminho é pautado por desejo, vontade e ação. Vamos explorar esse caminho.

Para falar de desejo, muito utilizam a palavra sonho. Mas o sonho é relacionado com a imaginação e o desejo é a tensão, a intencionalidade. Se um sonho não se transforma em desejo ele vai continuar sendo apenas sonho. A vontade é a capacidade de tomar posição, de pegar as rédeas de uma situação. É ela que nos impele à ação.

A ação é o fazer acontecer. Quando esse fazer acontecer tem resultado positivo, acontece o sucesso. Como disse o Benício, “saber valorizar o que se tem, é um dos grandes diferenciais das pessoas de sucesso”, e não o montante de coisas, recursos, eventos.

Esse caminho, aparentemente singelo, é o caminho de todo empreendedor. É nele que reside o valor do empreendedorismo – tão em moda – mas que a cada dia se revela um valor duradouro.

Se Sócrates não conseguiu finalizar o conceito ou o entendimento do que é o conhecimento, Benicio conseguiu nos levar a refletir, com mais atenção, sobre o que é sucesso e sua relação com o empreendedorismo. Nesse vídeo, ele fala sobre o que é empreendedorismo e, sutilmente, mostra que é esse o caminho para o sucesso, de cada um de nós.

 

Por Márcia Matos. Jornalista, especialista em educação a distância, estudiosa do mundo digital, com muita experiência em Tecnologia da Informação, consultora e palestrante, com vários artigos publicados. Ex- funcionária do SEBRAE e atualmente, na equipe do Laboratorium, é coautora do TREM – Trilha de Referência para o Empreendedor.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se à vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *