Menta90

O que podemos aprender com a trajetória do empreendedor que começou cedo, trabalhando como auxiliar num açougue, e hoje é um dos maiores vendedores de autopeças do país. Veja algumas lições que aprendemos com ele na sua participação no programa de aceleração de resultados Protagonistas

Nascido numa família de comerciantes, Paulo começou a trabalhar com apenas 12 anos de idade. Graças à visão do pai, ele iniciou sua carreira na pior posição, limpando carnes depois que outros funcionários desossavam, e passou por todos os setores da rede de açougues da família. Foi ali, no balcão do açougue, que aprendeu a atender, a lidar com o cliente com humildade.

Negócio surgiu como solução a um problema existente

Anos depois, teve uma revenda de automóveis na cidade de Marília, interior de São Paulo. Então, ele identificou uma demanda, vinda de sua própria loja que, apesar de pequena, necessitava de peças para reposição. Foi assim que nasceu a Dakotaparts, uma modesta loja de autopeças na cidade. Na época, o acesso a produtos vindos da capital paulista era difícil, por isso a loja passou a abastecer outros comércios e moradores da região.

Investimento no universo digital

Após 12 anos de trabalho com a loja física, em 2006, Paulo tomou uma atitude ousada: decidiu investir no e-commerce, que chamou de Connect Parts. Em pouco tempo, as vendas online dispararam e, em 2011, a empresa foi procurada pelo Fundo Atômico, que investiu e tornou possível uma maior profissionalização do negócio.

De olho nos custos

Convidado a recordar os passos que levaram a Connect Parts ao status de uma das maiores revendas de autopeças do Brasil, Paulo ressaltou que é essencial olhar para os custos – afinal, não vale de nada ter uma empresa que não é lucrativa.

Menta90

Connect parts é líder nacional de venda de autopeças pela internet

Coloque a mão na massa

“O pulo do gato é se envolver em todas as áreas da empresa, pôr a mão na massa, acompanhar sempre”, resumiu o empreendedor. Começar um negócio do zero é desafiador, e ninguém vai tocar a empresa melhor do que o dono. Portanto, é útil que aquele que está à frente conheça cada atividade realizada dentro da empresa, inclusive porque, no início, nem sempre haverá condições para contratar funcionários.

Tenha uma estratégia voltada para gestão de pessoas

Quando a empresa chega ao nível de contratar funcionários, é fundamental investir numa estratégia adequada, que motive a equipe e deixe muito claro o papel de cada um. O colaborador não pode ficar em dúvida sobre o que se espera dele, quais as suas tarefas e responsabilidades. Também é importante valorizar as parcerias, aquelas pessoas que “vestem a camisa” do negócio; elas podem aprender e crescer junto com a empresa.

Compreenda e registre os procedimentos

Depois de aprender, é importante anotar cada procedimento, para que possa ser replicado e aprimorado no futuro. Na Connect Parts, o profissional responsável pela execução de uma tarefa tem liberdade para fazer como achar melhor – afinal, é ele quem entende profundamente do assunto.

Dedique-se

Para fechar, fica uma lição de ouro: se você acredita na sua ideia, no seu negócio, trabalhe por ele! Seja persistente, se dedique todos os dias. Claro que é preciso moderação, pois nosso corpo e mente têm limites. Mas lembre-se que, para crescer, será preciso fazer concessões e até sacrificar algum tempo de lazer, descanso, com a família e amigos. Paulo carregou muitas caixas e passou várias noites acordado para dar conta do negócio, no início. Agora, ele colhe os frutos de uma empresa bem embasada, com um time comprometido, que dá resultados.

Este post foi inspirado pela incrível história do Paulo Biancalana, CEO da Connect Parts – uma grande revenda de peças para automóveis. Ele compartilhou sua história e atitudes que fizeram a diferença ao longo de mais de duas décadas como empreendedor, durante encontro de uma das turmas do Protagonistas – projeto de mentoria para quem já é, ou deseja empreender em breve. Desenvolvo essa iniciativa desde 2017, junto com a empresária, coach e palestrante Paola Tucunduva (veja detalhes aqui: https://protagonistas.co/).

 

Por Marcelo Pimenta (Menta90). Jornalista, professor e criador do blog Mentalidades.
Conheça as palestras e cursos que ele oferece e saiba como ele pode te ajudar a inovar.

Comentários facebook

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *